Aluguel de equipamentos médicos: como funciona?

Aluguel de equipamentos médicos: como funciona?

outubro 14, 2020 0 Por Editor

Existe uma série de motivos para justificar que alguém faça um aluguel de equipamentos médicos ao invés de realizar a compra definitiva. Uma pessoa pode preferir alugar um carro para uma viagem específica, ao invés de arcar com os custos de compra e manutenção de um veículo seu, por exemplo.

O mesmo serve para alugar uma casa ou apartamento, para quem não quer investir definitivamente em um imóvel. Até mesmo equipamentos do dia a dia e do trabalho podem ser alugados, tanto para quem não pode quanto para quem não vê vantagens em adquirir determinados produtos.

Essa lógica de alugar ao invés de comprar também se aplica ao trabalho na medicina. Por isso, o aluguel de equipamentos médicos é uma realidade e uma alternativa para clínicas médicas e profissionais da saúde.

Além de saber dessa possibilidade, afinal, como funciona aluguel de equipamentos médicos? Para quem ele se destina? Como alugar equipamentos médicos, quais as vantagens dessa prática e como não errar na decisão?

É disso que vamos falar a seguir neste artigo. Continue lendo para desvendar todas as possibilidades para quem pensa em alugar equipamentos médicos para seu trabalho!

Aluguel de equipamentos médicos: como funciona?

Caso seu consultório ou clínica médica precise crescer, expandir a atuação ou operar normalmente com recursos mais limitados, o aluguel de equipamentos médicos pode ser a solução para seus problemas. 

Em meio ao avanço da medicina aliada à tecnologia, é natural que os equipamentos acompanhem essa evolução e, por consequência, comprá-los pode não ser a melhor opção para clínicas e consultórios, especialmente os de operação menor. É importante notar também que, junto com a evolução da tecnologia, o mais comum é que os preços dos equipamentos também tenham tendência de crescimento, o que pode dificultar sua aquisição para inúmeros negócios na área da medicina. 

É aí que o aluguel dos equipamentos se torna viável e até mesmo necessário para que algumas empresas de medicina operem da melhor forma possível, contendo gastos ao mesmo tempo que oferece o que há de melhor para os pacientes.

Na prática, a forma como funciona o aluguel é bastante óbvia: empresas especializadas oferecem o serviço de aluguel para possibilitar o acesso a determinados equipamentos e máquinas para clínicas e consultórios que não desejam, por qualquer motivo, adquirir os itens de forma definitiva.

De forma geral, o aluguel acontece por meio de contratos com tempo determinado e acordado entre a empresa locadora e a clínica, consultório ou profissional locatário dos equipamentos. 

Para que isso aconteça, existem algumas modalidades oferecidas para quem quer ir além da chance de comprar o próprio equipamento. Veja a seguir quem pode obter das vantagens do aluguel de equipamentos médicos e quais são as formas de alugar o que precisar para sua clínica.

Quais equipamentos médicos podem ser alugados?

Uma das principais dúvidas sobre alugar equipamentos de medicina é quais equipamentos podem ou não ser alugados de terceiros. 

Pensando nos equipamentos utilizados dentro de uma clínica ou consultório médico, liste quais deles são essenciais para o trabalho de tratar os pacientes do início ao fim. A verdade é que basicamente todos eles podem ser alugados de empresas especializadas. Isso vai desde camas, cadeiras de rodas e andadores até os itens mais complexos para a realização de exames e tratamento de pacientes, como ventiladores mecânicos, por exemplo. 

Na prática, a maioria dos equipamentos que não tem fins de diagnóstico podem ser comprados ou alugados facilmente. Sabendo dessa limitação, é possível entender que os equipamentos médicos desenvolvidos especificamente para diagnósticos necessitam obrigatoriamente de um especialista para interpretar os exames, portanto o aluguel não é ideal para absolutamente todos os profissionais.

Para quem é indicado o aluguel de equipamentos médicos

Antes de mais nada, agora que você viu alguns dos principais equipamentos que podem ser alugados, fica claro que o aluguel serve para o profissional que precisa de algum deles e está apto a utilizá-lo no dia a dia da sua profissão, montando com eles sua estrutura de trabalho e oferecendo tratamento aos pacientes.

O aluguel de equipamentos é a solução para profissionais e gestores de clínicas e consultórios médicos, bem como demais centros de saúde que precisem de itens específicos para executar o trabalho na área da saúde.

Além disso, podemos classificar a quem se destina o aluguel de equipamentos de medicina pelo momento que vivem atualmente.

Quando falamos em aluguel, a justificativa mais óbvia para fazer esse tipo de contrato é: não ter o capital necessário para investir na aquisição dos produtos. Essa situação é verdadeira, uma das mais comuns que motivam qualquer aluguel, mas não é a única por trás desse tipo de contratação. 

Muito além do capital reduzido, também é indicado o aluguel para empresas que queiram começar um negócio com segurança. Uma clínica ou consultório que está começando no mercado pode não julgar prudente comprar, logo de cara, todos os equipamentos necessários para seu funcionamento. 

Pensando na gestão eficiente de clínicas médicas, começar com o aluguel pode ser a forma mais segura de reduzir gastos no momento inicial. A partir daí, quando as finanças da clínica se colocarem em ordem com a chegada de mais pacientes, novas possibilidades para avaliar a compra dos próprios equipamentos devem surgir.

O mesmo serve para quem está pensando em expandir os negócios da clínica médica, seja crescendo em estrutura ou apostando em novas modalidades de serviço e tecnologias diferentes das que já são oferecidas para os pacientes. Da mesma forma que no exemplo anterior, quem tem esse objetivo pode começar com o aluguel para assegurar um investimento menor e evitar qualquer prejuízo no momento inicial da expansão na clínica médica.

Esses são os exemplos de situações mais comuns de momentos ideais para o aluguel de equipamentos médicos. Certifique-se que esse objetivo conste no seu plano de negócios da clínica médica e execute-o na hora certa, com a maior segurança possível. 

Alugar ou não alugar equipamentos de medicina? Veja como decidir

Agora você já sabe como funciona aluguel de equipamentos médicos, que tipo de equipamento pode ser alugado e quem pode usar dessa opção para operar na área da saúde sem precisar investir na compra de certos itens. 

Essas informações vão ajudar a entender como funciona o aluguel na prática, mas não bastam para nortear a decisão do profissional de clínicas ou consultórios que pensam em contratar o serviço.

Não se preocupe, porém. Agora vamos entrar em detalhes sobre como o aluguel de equipamentos médicos é decidido (ou não). Antes de mais nada, vale lembrar que essa decisão, que envolve contratos que provavelmente vão durar por anos, deve ser tomada com cuidado e avaliando todos os cenários e a realidade da sua operação. 

Modalidades de aluguel: Qual é a diferença entre o aluguel convencional e o comodato?

O aluguel convencional é um velho conhecido. É o ato de tomar emprestado um bem ou produto de outras pessoas, durante um período de tempo pré determinado e regido por um contrato que disponha da duração do aluguel, preço a pagar pelos itens e demais regras sobre o uso, devolução e eventuais multas. 

No aluguel de equipamentos médicos, é firmado um contrato que prevê o pagamento mensal pelo uso dos itens, ao longo de toda a vigência da contratação. Durante esse período, a clínica que contratar o serviço de aluguel usa livremente os itens que estão sob sua posse no período determinado. Lembrando, novamente, que no caso da locação de equipamentos para realização e análise de exames, os mesmos devem ser utilizados e ter os laudos emitidos por profissionais especialistas. 

Ao fim do contrato, fica a possibilidade de refazê-lo ou de optar por não utilizar mais o serviço de terceiros e adquirir o próprio equipamento, se for o objetivo da clínica médica.

Mas essa não é a única possibilidade. Ainda existe o aluguel por comodato.

O aluguel em comodato é uma modalidade utilizada por empresas para fornecer não apenas o equipamento, mas também laudos para quem os contrata. Isso acontece pois o comodato significa um empréstimo sem custo de aluguel. Ao invés de pagar um aluguel fixo por contrato, é paga uma mensalidade pelos serviços que o equipamento presta, como no caso dos exames, o pagamento é feito pelos laudos que a empresa locatária emite para o locador. 

Principais vantagens do aluguel de equipamentos médicos

Agora vamos à parte que interessa: as principais vantagens de alugar equipamentos médicos. 

A primeira e mais óbvia vantagem é economia de recursos financeiros. Não precisando comprar o equipamento, é fácil imaginar que se economiza bastante alugando-os por um tempo. 

Dessa forma, uma segunda vantagem é a possibilidade de planejar melhor o financeiro da empresa, podendo alocar recursos onde a clínica mais precisa. Isso vai acontecer pois o aluguel permite um maior fluxo de caixa, evitando que a empresa fique sem capital devido a compra de equipamentos de alto custo.

Além disso, é possível aumentar o portfólio de serviços em razão dessa economia. Por não investir tanto na compra de equipamentos, é possível oferecer mais por menos para o paciente. 

Com tudo isso, ainda vem duas vantagens importantes: a possibilidade de usufruir de tecnologias mais avançadas, já que não será investido dinheiro na compra de equipamentos que ficariam obsoletos. 

Mais benefícios de alugar equipamentos para o trabalho na medicina

As vantagens acima são as principais pelas quais é um bom negócio alugar equipamentos médicos. Caso ainda não tenha se convencido, não se preocupe: veja agora mais 5 motivos pelos quais você deve considerar o aluguel como solução.

Aqui estão 5 razões pelas quais muitas clínicas de saúde e consultórios médicos acabam optando por alugar equipamentos médicos:

1. A necessidade de uso pode ser imprevisível

Com um fluxo de pacientes nem sempre previsível, um dos desafios mais frustrantes para qualquer prestador de cuidados é quando eles precisam encontrar o equipamento necessário para suprir a demanda. Em períodos específicos, pode se precisar muito mais de algum equipamento do que no restante do tempo. Por isso, a possibilidade de alugar ajuda a não ter que comprar algo que nem sempre será necessário.

2. A consistência da tecnologia é necessária para uma melhor segurança do paciente

Os erros ocorrem com mais frequência ao usar o mesmo tipo de tecnologia de equipamento, mas de fornecedores diferentes. O funcionamento de uma bomba de infusão ou ventilador não é necessariamente o mesmo para um modelo ou fabricante diferente. Erros na programação podem resultar em sérios danos ao paciente e impacto duradouro na confiança do médico. Nenhum dos dois resultados é desejável e ambos podem ser evitados escolhendo-se o aluguel de equipamentos médicos para auxiliar na padronização.

3. Reparos, obsolescência e recalls exigem a substituição imediata de dispositivos indisponíveis

Problemas na qualidade de equipamentos médicos não são admissíveis quando possíveis de se evitar. A obsolescência também torna difícil encontrar peças para consertar tecnologias mais antigas, o que significa consertos mais longos e geralmente mais caros, resultando em falta de equipamento. Os profissionais que os utilizarão, além dos médicos, ainda precisam ser treinados em todos os dispositivos de uso do paciente. Novamente, os custos de reparo e obsolescência, juntamente com o impacto sobre os pacientes e a equipe, podem ser impressionantes.

4. Falta de orçamento de capital ou aprovações demoradas de orçamento de capital

O financiamento da saúde enfrenta muitos desafios no mundo incerto de reembolsos, pacientes que adiam o atendimento e pacientes que procuram atendimento em locais alternativos. 

Somado a esses fatores, muitas clínicas podem ter sua saúde financeira comprometida ou precisar adiar algumas  melhorias na operação e outras atualizações necessárias. O orçamento de capital requer o equilíbrio de vários projetos e prioridades, as melhores estimativas do que pode ou não ocorrer com relação à carga de pacientes e reembolso. Frequentemente, em tempos incertos, como pode estar sendo a pandemia do coronavírus, por exemplo as decisões resultam em nenhuma decisão ou em atrasos na decisão de substituir, atualizar ou comprar uma nova tecnologia de atendimento ao paciente. Esses atrasos afetam o atendimento ao paciente e a satisfação clínica. Usar uma opção de aluguel de equipamento médico geralmente atua como uma ponte entre a necessidade clínica e a disponibilidade de capital.

5. Capacidade de avaliar e experimentar novas tecnologias

Quando a taxa de introduções e atualizações de tecnologia de dispositivos médicos parece estar ultrapassando os trens-bala no Japão; é difícil saber se a nova tecnologia mais recente ou mais significativa aumentará o censo de pacientes ou reduzirá custos e melhorará os resultados. Por meio do aluguel de equipamentos médicos, as instalações podem avaliar se isso impactará alguma dessas iniciativas tão críticas para a saúde. Alugar antes de comprar pode ser uma forma de determinar o ROI potencial e o ajuste.

Motivos para pensar duas vezes antes de alugar

Até aqui já ficou claro como o aluguel dos equipamentos médicos pode oferecer uma série de vantagens para quem utiliza essa possibilidade no seu negócio. É verdade que alugar certos equipamentos pode resultar em economia, maior eficiência no tratamento dos pacientes e segurar a situação financeira da clínica médica ao longo do tempo.

Porém, nem sempre o aluguel de equipamentos pode ser a melhor opção para a clínica ou consultório. 

Isso vai acontecer principalmente por dois motivos: sua clínica pode não estar no momento certo de investir no aluguel ou ainda não encontrou o prestador de serviços ideal para fechar o contrato de aluguel.

Como já falamos anteriormente neste artigo, existem alguns momentos em que é ideal para a clínica médica apostar no aluguel de equipamentos de terceiros. O que motiva essa decisão pode ser um controle maior do orçamento, o momento inicial do funcionamento do negócio ou a necessidade de expandir os negócios com segurança. Da mesma forma, o contrário pode acontecer. Em momentos incertos, como quando você está a perder pacientes, é importante avaliar o investimento em contratos de aluguel. Esse tipo de contrato vai prever alguns anos de vínculo com a empresa contratada e, para cumprir com as cláusulas corretamente, sua saúde financeira deve estar assegurada.

No caso dos fornecedores de equipamentos médicos, como em qualquer contrato, toda cautela é necessária antes de fazer a assinatura final. Escolher o fornecedor certo nunca é fácil, ainda mais quando se cria um vínculo contratual que pode variar de duração e requer o cumprimento de uma série de cláusulas.

Avalie com cuidado cada possibilidade de fornecedor de aluguel, pesando os prós e contras de cada empresa. Pode parecer óbvio, mas você vai descobrir que o mercado oferece uma série de possibilidades para quem quer alugar equipamentos médicos, que vão variar na forma de contratação, duração do contrato, cláusulas específicas e, claro, o preço final. Se possível, conte com assessoria jurídica para não deixar passar nenhum ponto do contrato sem a devida atenção. Não assine sem segurança para não correr riscos desnecessários. 

Como você viu neste artigo, alugar equipamentos médicos é uma realidade no Brasil e pode ser a solução para uma gestão mais eficiente da clínica médica.

Para continuar aprendendo sobre as possibilidades do mercado de medicina e a gestão da clínica médica no dia a dia, confira nossa seção de artigos sobre gestão aqui no blog da Medicine Cursos.

É só clicar aqui e conferir os textos que vão ajudar a gerenciar seu negócio com eficiência e oferecendo o melhor serviço aos pacientes.